Senhora do Monte

sábado, janeiro 08, 2005

A solução

Sou, desde sempre, um fã, incondicional, se é que sou incondicional de algo ou alguém, da ditadura do mérito. A questão de como aferir o mérito é outra questão, mais séria, mais complicada e sempre mais controversa.
Há porém situações em que as evidências se nos enfiam pelos olhos adentro e não podemos fingir que as não vemos.
Foi o que me aconteceu, ainda não há dez minutos bem medidos. Fazia zaping, já meio tombado pelo sono, passei pela SIC notícias e eis que, em fim de comentário, aparece o inefável Delegado.
O Luís Del(e)gado a comentar qualquer coisa de que já não me pude aperceber.
Fui, porém, bafejado com a graça de ouvir uma última pérola, que aqui partilho, com quantos me derem esse gosto
Pois não é que o bom do Del(e)gado diz, à cidade e ao mundo, que: "o único sítio onde noto erosão é no PS."
Agora, depois de respirarem fundo um par de vezes digam lá se é ou não uma pérola...
Estava um dia atrasada mas era a epifania, não uma mas "a".
Perante isto, retomando o assunto do mérito, tudo me pareceu claro, tudo me pareceu alinhado, tudo me pareceu fazer sentido.
Afinal era o Del(e)gado que devia ocupar o lugar vago de Cavaco, e por este andar o lugar de Sá Carneiro também não está como rocha...