Senhora do Monte

segunda-feira, dezembro 20, 2004

Esquecimento imperdoável

Duas linhas apenas, unicamente para me penitenciar por um esquecimento relativo ao "post" anterior.
Este poema, já de si fabuloso, ganha uma dimensão completamente diferente ao ser dito por GERMANA TANGER.
Fica a lembrança e a admiração.